Espiritismo na Prática

Divulgando o Evangelho de Jesus

Mundos Felizes

Mundos Felizes

Autor: Jeferson Souza      Publicação: 13/04/2020 16:07      Views: 719      Comentários: 0 

O que podemos entender por mundos felizes? Quais são as características?

Algumas obras da literatura espírita trazem ao nosso conhecimento algumas informações sobre os Mundos Felizes, que é uma categoria onde o Bem é predominante sobre o mal, e iremos nos basear neste artigo, o estudo da terceira obra básica Espírita: “O Evangelho Segundo o Espiritismo”.

No Capítulo terceiro (Há Muitas Moradas Na Casa do Pai) da obra já mencionada no parágrafo acima, encontramos o seguinte trecho:

Nos mundos que atingiram um grau superior de evolução, as condições da vida moral e material são muito diferentes das que encontramos na Terra.

Percebemos que em Mundos Felizes as características, a organização da natureza e os valores e virtudes morais são diferentes dos nossos aqui da Terra, pois não são voltadas ao materialismo, não são virtudes predominantes do egoísmo e das inferioridades morais. E veremos no trecho seguinte que as características da matéria são vibratoriamente mais sutil do que a nossa.

“ A forma dos corpos é sempre, como por toda parte, a humana, mas embelezada, aperfeiçoada, e sobretudo purificada. O corpo nada tem da materialidade terrena, e não está, por isso mesmo sujeito às necessidades, às doenças e às deteriorações decorrentes do predomínio da matéria. Os sentidos, mais sutis, têm percepções que a grosseria dos nossos órgãos sufoca. A leveza específica dos corpos torna a locomoção rápida e fácil. Em vez de se arrastarem penosamente sobre o solo, eles deslizam, por assim dizer, pela superfície ou pelo ar, pelo esforço apenas da vontade, à maneira das representações de anjos ou dos manes dos antigos nos Campos Elíseos.

Os habitantes desses mundos têm a possibilidade de ter maior liberdade, pois além da questão vibratória do planeta, eles também possuem condições sutis que lhes oferecem a oportunidade de se desprenderem da matéria, sem a necessidade da posse, do poder, da escravidão da matéria e dos sistemas arcaicos e egoístas que nós aqui na Terra almejamos.

Possuem a forma humana, mas que utilizam a volitação como um meio de locomoção, seus sentidos são mais apurados do que o nosso, devido o seu grau evolutivo, pois quanto mais nos depuramos o nosso Espírito, mais liberto da matéria seremos.

A pouca resistência que a matéria oferece aos Espíritos já bastante adiantados, facilita o desenvolvimento dos corpos e abrevia ou quase anula o período de infância.

Curioso é que o período de infância nesses mundos é abreviado, ou seja, por serem portadores de condições evolutivas e o Espírito ser mais aflorado, o período da infância não é o mesmo que na Terra, há algumas informações no meio espírita de que há crianças de 3 ou 4 anos que já possuem condições de inteligência e raciocínio semelhante ao nosso adulto de 30 anos.

A vida, isenta de cuidados e angústias, é proporcionalmente muito mais longa que a da Terra. Em princípio, a longevidade é proporcional ao grau de adiantamento dos mundos. A morte não tem nenhum dos horrores da decomposição, e longe de ser motivo de pavor, é considerada como uma transformação feliz, pois não existem dúvidas quanto ao futuro. Durante a vida, não estando à alma encerrada numa matéria compacta, irradia e goza de uma lucidez que a deixa num estado quase permanente de emancipação, permitindo a livre transmissão do pensamento.

A desencarnação para estes habitantes não é penosa como para nós, por conhecerem e vivenciarem a imortalidade da Alma e por possuírem entendimentos universais, pois o Espiritismo é uma ciência universal, logo sabem que não morrem, e que nunca morrem, mas apenas de despedem de seus corpos mais sutis do que o nosso.

Nos mundos felizes, a relação de povo para povo, sempre amigáveis, jamais são perturbadas pelas ambições de dominação e pelas guerras que lhes são conseqüentes. Não existem senhores nem escravos, nem privilegiados de nascimentos.

Nestes mundos o que prevalece é o grau de adiantamento moral e intelectual de cada Ser, pois por possuírem condições fisiológicas mais sutis, que lhes proporcionam o entendimento mais sensível das Leis Universais, e dessa forma, compreendem que todos somos irmãos, buscando um Bem comum, que é a Evolução Espiritual e que o bem comum entre os povos são muito mais agradáveis e úteis para o progresso moral e da sociedade, como todo, do que a supremacia de uns sobre os outros.

 “O homem não procura elevar-se sobre o seu semelhante, mas sobre si mesmo, aperfeiçoando-se.

Suas posses são correspondentes às possibilidades de aquisição de suas inteligências, mas ninguém sofre a falta do necessário, porque ninguém ali se encontra em expiação. Em uma palavra, o mal não existe.

Todos os sentimentos ternos e elevados da natureza humana apresentam-se engrandecidos e purificados. Os ódios, as mesquinharias dos ciúmes, as baixas cobiças da inveja, são ali desconhecidos. Um sentimento de amor e fraternidade une a todos os homens e os mais fortes ajudam os mais fracos.

A nossa ambição aqui na Terra é sermos melhores dos que os outros, ter mais dinheiro, o melhor carro, a empresa de sucesso que fature milhões, enfim, "ser melhor custe o que custar", essa é a ambição de muitos de nós encarnados, porém, nos Mundos Felizes, essa ambição é fútil e inútil, pois compreendem que nada é deles, que tudo é do Universo e a Ele retornará, dessa forma, o que buscam é a lapidação do seu diamante interior que é o Espírito.

Recomendamos a leitura da obra psicografada por Francisco Cândido Xavier e de autoria do Espírito Maria João de Deus, que era sua mãe quando encarnada, cujo título da obra é :”Cartas de Uma Morta”, onde o Espírito comenta sobre a vida em Saturno, que é considerado no meio espírita como sendo um Planeta Feliz.

Temos também a “Revista Espírita de 1858” em que o Espírito do músico Mozart se comunicou relatando sobre o mundo que estava habitando naquele momento que é Júpiter, este mundo é considerado o planeta mais adiantado do nosso Sistema Solar.

 

Agradecemos a leitura e o interesse no estudo sobre o tema. Se desejar pode deixar o seu comentário que iremos apreciar saber suas impressões sobre o artigo e também responderemos suas dúvidas pertinentes ao tema.

Muita paz!

Veja Também:

Artigos Relacionados

Olá, deixe seu comentário para Mundos Felizes

Enviando Comentário Fechar :/