Espiritismo na Prática

Divulgando o Evangelho de Jesus

Influência Moral do Médium

Influência Moral do Médium

Autor: Jeferson Souza      Publicação: 27/06/2020 12:30      Views: 269      Comentários: 0 

Como a moral do médium pode influenciar no nível e qualidade dos trabalhos mediúnicos do centro espírita?

Iremos abordar superficialmente sobre a influência moral do médium nas manifestações espíritas, lembrando que a leitura e o estudo da segunda obra básica "O Livro dos Médiuns" é indispensável para melhor entendimento, pois há diversas abordagem  e entre eles destaco o capítulo 20 - A Influência Moral do Médium, que é um estudo profundo sobre o tema.

A mediunidade não é um dom, mas a ferramenta divina que deve ser destinada ao auxílio do próximo e para progresso espiritual do médium. Quando reencarnamos todos nós nascemos com uma mediunidade, algumas mais presentes, porém, todos somos médiuns. Há aqueles que não são médiuns de vidência, de clariaudiência, escreventes, mas tem a inspiração e a intuição.

Dessa forma, somos todos responsáveis pelo exercício da mediunidade, seja na casa espírita ou no dia a dia, em nosso lar, na fila do banco, etc, ou seja, onde quer que estejamos há Espíritos, e somos médiuns em toda a parte, no entanto, devemos ser comedidos e discretos. A mediunidade é diretamente influenciada pela moral do médium, pois se possuímos  disciplina trazemos conosco amparo da espiritualidade superior que nos inspira e instruí para o exercício das tarefas mediúnicas, do centro espírita e até mesmo do dia-a-dia.

A disciplina do médium decorre do seu grau de evolução, há médium, por exemplo, indisciplinados e sem a educação mediúnica necessária, e deixam-se, por ignorância, trabalhar na mediunidade sem conhecimento e disciplina mediúnica e assim realizam proezas em espetáculos, proselitismo mediúnico ou se amparam nas questões financeiras, sendo que Jesus nos advertiu: "daí de graça o que de graça recebeste".

Os pensamentos, as atitudes, as nossas palavras, as nossas buscas profissionais e materiais e, qualquer coisa determina e influência a nossa evolução moral, somos responsáveis por tudo aquilo que fazemos ou deixamos de fazer em benefício de nossa missão, do progresso da humanidade, do amparo e da caridade para com o próximo, e para nós mesmos.

O orgulho, o egoísmo e a vaidade são atitudes humanas que levam o médium ao exercício errado da mediunidade, no qual os Espíritos que lhe cercam são de mesma ordem, pois a Lei de Afinidade e Sintonia determina os nossos companheiros de jornada. Devemos nos melhorar como seres humanos, como Espíritos imortais e a mediunidade é uma dessas ferramentas que Deus nos oferece para que possamos disciplinar os nossos impulsos, para que possamos voltar os nossos sentido de vida ao auxílio do próximo, abandonando os vícios morais, intelectuais e químicos.

Somos instrumentos de Jesus, todos nós somos convocados a prática da mediunidade, cada um em seu grau de desenvolvimento, mas devemos estudar, disciplinar e educar as nossas tendências erradas, buscando assim melhorar as nossas condições espirituais, resgatando nossas falhas do ontem e do hoje, para que o nosso futuro seja melhor.

Saibamos trabalhar a mediunidade com Jesus, e não para a auto promoção, para exposição ou reconhecimento. A evolução moral do médium influencia muito na nossa missão e nos trabalhos no centro espírita, dessa forma, vamos cuidar do que fazemos ou deixamos de fazer, olhar mais para o nosso interior e buscar a auto lapidação moral e intelectual, buscando ser cristãos, no exercício da mediunidade e nas tarefas diárias da vida.

Muita paz!

Veja Também:

Artigos Relacionados

Olá, deixe seu comentário para Influência Moral do Médium

Enviando Comentário Fechar :/