Espiritismo na Prática

Divulgando o Evangelho de Jesus

Série Obsessão: II – Influência dos Espíritos e as Bebidas Alcoólicas

Série Obsessão: II – Influência dos Espíritos e as Bebidas Alcoólicas

Autor: Jeferson Souza      Publicação: 07/05/2016 17:49      Views: 6108      Comentários: 3 

Entenda como os Espíritos influenciam a nossa vida e nos induzem ao consumo de bebidas alcoólicas. Quais são os mecanismos empregados por Espíritos inferiores para buscarem a sintonia e influenciar os encarnados?

Como vimos na matéria anterior: “Série Obsessão: Como foi que eu atrai um obsessor? pudemos entender alguns dos princípios básicos para a efetivação da influência espiritual em nossas vidas.

Vale a pena lembrar, que a obsessão espiritual não ocorre somente de desencarnado para o encarnado, pode ocorrer o contrário e até mesmo entre desencarnados e também entre encarnados.

Um exemplo de influência entre encarnados é o fato de nós não querermos fazer algo ilícito ou errado, e por insistência de “amigos” e “companheiros” praticamos a ação, como por exemplo: embriagar-se em baladas. Esta é uma das formas de assédio que ocorre quase que diariamente em nossas vidas, quando somos pressionados a praticar ações das quais não concordamos, mesmo assim, por nossas fraquezas e para "agradar", agimos contra a nossa vontade para praticar aquilo que nos trará prazer e emoção momentânea.

Na obra psicografada por Francisco Cândido Xavier e de autoria de André Luiz (Espírito), intitulada por “Sexo e Destino”, representa a figura da obsessão espiritual sobre o personagem Cláudio.

Em uma das passagens desta sublime obra, os Espíritos que envolvem o Cláudio, intuem fortemente o personagem a ingerir bebida alcoólica, causando-lhe uma leve irritação na garganta, provocando a vontade abrupta pelo hábito alcoólico, se aproximando de Cláudio e falando que quer beber.

Uma vez que bebe, o Espírito faz um estalido com a boca, demonstrando apreciação, e no mesmo instante Cláudio o reproduz. Posteriormente, a um pequeno intervalo de tempo se passa na trama, outro Espírito também induz o personagem a ingerir mais uma dose, do qual o verdugo também deseja apreciar.

Nesta narração podemos perceber o poder de influência dos perseguidores, no entanto, aquelas pessoas que não conhecem os mecanismos da afinidade espiritual, assim como o Cláudio, acreditam que a vontade partiu delas mesmas.

Centenas de milhares de pessoas pelo mundo são induzidos a recolherem-se aos alcoólicos de forma a embriagar-se por prestações, prejudicando a assimilação de fluidos benéficos que recebem do Universo, ou então, que são doados através da ingestão de alimentos sólidos e líquidos.

As artimanhas dos obsedados para amenizar a sua consciência é aplicar desculpas já conhecidas pelo: “bebo socialmente” ou “bebo moderadamente”, isso não os livra deste assédio, pois nestes casos, os Espíritos inferiores, tentam viciar o individuo aos poucos, para que o mesmo faça do alcoólico uma fonte de prazer ou de fuga dos problemas do dia a dia.

Temos no Espiritismo, ampla literatura sobre a obsessão, o Livro dos Médiuns é verdadeiramente uma aula que aborda os mecanismos obsessivos, já os livros de Manoel Philomeno de Miranda, psicografados por Divaldo Pereira Franco tem uma série vasta abordando o tema, onde se aprofunda narrando fatos de personagens obsedados e obsediadores.

Na obra “Nosso Lar” psicografada por Francisco Cândido Xavier e de autoria de André Luiz, conta a história do autor quando encarnado no plano físico, e ao desencarnar é considerado suicida inconsciente, pois seu desencarne ocorreu pelos vícios químicos, entre eles, a bebida alcoólica.

É dever do espírita buscar a sintonia e amenizar a influência espiritual de vibração inferior, embora, saibamos que todos os seres humanos tem suas imperfeições, mas isso não nos exime de dificultar esta influência manipuladora e avassaladora.

Allan Kardec diz na obra básica “O Evangelho Segundo o Espiritismo”, capítulo XVII, item 4: "Reconhece-se o verdadeiro espírita pela sua transformação moral, e pelos esforços que faz para domar as suas más inclinações". 

Assim devemos buscar nos aperfeiçoarmos para que deixemos de praticar as nossas más inclinações que são portas abertas para a sintonia espiritual inferior. O trabalho é árduo, porém necessário, sendo exigido na maioria das vezes, uma reflexão profunda sobre os nosso atos, posturas sociais, pensamentos e atitudes diárias, eliminando ao máximo de nosso íntimo todo o conteúdo prejudicial para nós e para os outros, incluindo os assediadores e obsessores.

Se não podemos dominar o nosso impulso para o uso da bebida alcoólica de imediato, que o façamos dentro de um intervalo de tempo ideal, deixando de consumir diariamente de forma gradativa até o cessar do mesmo, buscando a figura do Cristo e de todo o seu trabalho como uma força inspiradora para que não haja a desistência no meio do caminho.

Façamos a nossa parte para melhorarmos o mundo e a cooperação para melhorar as condições de nossa existência aqui na Terra. Sejamos obreiros da vida e não da irresponsabilidade.

Assista a curta metragem abordando este tema:



Muita paz!

 

Veja Também:

Artigos Relacionados

Olá, deixe seu comentário para Série Obsessão: II – Influência dos Espíritos e as Bebidas Alcoólicas

Já temos 6 comentário(s). DEIXE O SEU :)
vilma padilha

vilma padilha

oi eu estou muito triste , agora eu não posso mais sair , pois tenho manifestação espiriutal , quando bebo ou sem beber sinto muita vergonha
★★★★★DIA 24.04.17 21h02RESPONDER
Jeferson Souza
Enviando Comentário Fechar :/
Jeferson Souza

Jeferson Souza

Olá Vilma tudo bem?


A orientação que posso passar para você é que você busque ajuda de um centro espírita sério,  em que você sinta confiança e que se sinta a vontade para falar sobre o seu problema e quem sabe educar a sua mediunidade.


Acredito que, se assim desejar, procure também a ajuda de algum profissional ou grupo que possa ajudá-la na questão do uso de bebidas alcoólicas. 


Após reconhecer que estes fatos te incomodam e te envergonham, é por que você está preparada para recomeçar a sua vida novamente, e com força de vontade, muita dedicação e esforço, você conseguirá, tenho certeza, imagino que o caminho não será fácil, mas você pode mudar, basta desejar e esforçar-se para que isso ocorra.

Quem sabe, essa experiência que você está passando agora, dolorosa para você, possa transformá-la para o Bem, no futuro próximo e no momento certo, poderá com amor ajudar as pessoas que passam pelo problema do álcool. Pois você conhecerá todas as dificuldades e todas as lutas internas que te levaram a vencer isto, e assim ajudar e estimular essas pessoas também a vencer a delas.

Acredito sinceramente, que você pode converter as lágrimas e a tristeza em Sorrisos e Gratidão para você e para muitos outros, mas primeiro precisa cuidar-se, fazer o tratamento adequado com profissionais e buscar uma orientação de um centro espírita, para que possa no futuro servir de instrumento do Senhor, ajudando aqueles que passam pelo mesmas dificuldades que você hoje.


Os problemas surgem em nossa vida para serem superados, e transformá-los em experiências para ajudar o próximo, se desejar, mude a rotina de sua vida, leia obras espíritas e obras não espíritas também, que possam te trazer conhecimentos e edificar o seu Espírito, assista bons filmes ou vídeos, ouças boas músicas, se um pensamento ruim surgir, troque por outros que sejam bons.


Jesus acredita em você, agora é preciso que você acredite em você, e se realmente desejar, você poderá ser um instrumento do Cristo, ame-se sempre, mas não se permita desistir de seus sonhos e da vontade de fazer o Bem.

Muita paz!


Jeferson Souza

★★★★★DIA 25.04.17 10h24RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Ana Taveira

Ana Taveira

Muito obrigada pelos ensinamentos e por compartilhar conosco! Saudações!
★★★★★DIA 29.09.16 19h35RESPONDER
Jeferson Souza
Enviando Comentário Fechar :/
Jeferson Souza

Jeferson Souza

Querida irmã Ana Taveira, agradecemos o seu carinho e por suas palavras amigas e que nos incentivam a continuação de nosso trabalho.

Que Deus e Jesus lhe abençoe hoje e sempre!

Muita paz!
★★★★★DIA 29.09.16 23h10RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
José Neto

José Neto

www.dqanonimos.blogspot.com
★★★★★DIA 07.05.16 23h25RESPONDER
Jeferson Souza
Enviando Comentário Fechar :/
Jeferson Souza

Jeferson Souza

Querido José Neto, agradecemos o seu carinho e o seu apoio, em favor de nossa publicação, que Deus lhe abençoe hoje e sempre! :)
★★★★★DIA 07.05.16 23h42RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Enviando Comentário Fechar :/