Espiritismo na Prática

Divulgando o Evangelho de Jesus

Os Perigos do Desdobramento

Os Perigos do Desdobramento

Autor: Jeferson Souza      Publicação: 27/10/2018 14:49      Views: 294      Comentários: 2 

Quais são os principais perigos durante o processo de desdobramento? Corro o risco de não voltar para o corpo? Posso ter o meu corpo invadido por outro Espírito?

Quais são os perigos que podem surgir ou ocorrer durante o processo de desdobramento do perispírito? Quer saber? Então, fique conosco e leia este artigo até o final para entender os mecanismos que regem as leis da Vida.

Surgem muitos mitos diante do desdobramento, há quem diga que possamos morrer durante o processo, outros dizem que se sair não poderão retornar ao corpo, e há também quem diga que outro Espírito pode tomar o seu corpo.

De ante mão adianto, que tudo isso é mito, se fosse verdade, nós já não estaríamos mais encarnados há algum tempo. E vamos explicar o por que isso é mito. Naturalmente o desconhecido causa temor a muita gente, pois com o medo de estudar e ao dormir o fenômeno ocorrer, ou de estudar e sofrer possessão só por que está lendo, é absurdo.

Há aqueles que não estudam por causa da crença religiosa contrária ao Espiritismo, então, procuram utilizar-se de expressões inverídicas para coibir a curiosidade ou a intenção do estudo da espiritualidade e dos mecanismos mediúnicos, bem como o desdobramento.

 

1. Posso morrer durante o processo de desdobramento?

A resposta é SIM, mas já adianto que isso ocorre somente em casos de mortes naturais, e não de mortes forçadas. Se uma pessoa em desdobramento tiver comprometimento há algum tepo de um ou mais orgãos vitais e este parar ou não funcionar direito, pode sim ocorrer a desencarnação, no entanto, esta ocorrência é por força natural das coisas e não imposta por Espíritos inferiores.

Os Espíritos inferiores não tem nenhuma condição energética para desencarnar pessoas, podem fazê-lo através da possessão ou indução mental de um médium, mas mesmo diante disto estão sobre o controle do médium, que pode interferir nesta tentativa, e o médium tem que estar em transe mediúnico.

Portanto, já descartamos essa hipótese de um Espírito inferior tentar desencarnar alguém em desdobramento. Todos os encarnados possuem uma ligação fluídica que liga o seu corpo físico ao seu corpo perispiritual quando em desdobramento, essa ligação pode ser chamada de "cordão de prata" ou "laço fluídico". 

"Instantes depois, divisei ao longe dois vultos enormes que me impressionaram vivamente. Pareciam dois homens de substância indefinível, semiluminosa. Dos pés e dos braços pendiam filamentos estranhos, e da cabeça como que se escapava um longo fio de singulares proporções...

...Aqueles são os nossos próprios irmãos da Terra. Trata-se de poderosos Espíritos que vivem na carne em missão redentora e podem, como nobres iniciados da Eterna Sabedoria, abandonar o veículo corpóreo, transitando livremente em nossos planos. Os filamentos e fios que observou são singularidades que os diferenciam de nós outros.  Nosso Lar - Cap 33 - Curiosas Observações"

OBS: Que diante do desdobramento ele se une em um único laço mais tênue, mas quando o Espírito retorna ao corpo esse laço se "desunem" e retornam a sua forma natural, formando microlaços fluídicos que envolvem as partes dos dois corpos.

Os Perigos do Desdobramento

Imagem ilustrativa demonstrando o laço fluídico que une o corpo físico e o perispírito.

Os Perigos do Desdobramento

Imagem ilustrativa do Livro Viagem Espiritual 2 - Demonstrando os diversos filamentos fluídicos que se unirão em um só laço, à medida em que o perispírito se afasta do corpo durante o processo de saída do corpo.

Se uma pessoa se aproxima do local onde você esteja, logo o seu cérebro que está ligado, envia uma comunicação para o seu perispírito via laço fluídico, que te traciona para o corpo imediatamente.

Há Espíritos elevados que são técnicos especializados em desencarne, pois aprendem o procedimento em escolas espirituais, que são responsáveis por auxiliar o encarnado durante o seu processo de desencarne, porém, nem mesmo eles podem desencarnar pessoas, sem a permissão de Espíritos de escol, que estão responsáveis pelas reencarnações no mundo.

Pois, a vitalidade do encarnado é o que alimenta e vitaliza o laço fluídico, quando há autorização para ocorrer o desencarne essa vitalidade é diminuída mediante mecanismos de Leis Universais e aí os Espíritos técnicos poderão auxiliar no procedimento de desencarne, e assim o laço fluídico é rompido e o processo de desencarne é finalizado.

Isso explica, por exemplo, por que muitos Espíritos ficam ligados ao seu corpo após o desencarne e não conseguem sair de perto do mesmo até que os fluídos vitais sejam eliminados, permanecendo com laço fluídico intacto e ligado ao corpo, isto ocorre porque ele ainda possui alguma vitalidade, e aquele corpo não estava programado pela natureza para o retorno a pátria espiritual. 

"Impressionado com os soluços que ouvia em sepulcro próximo, fui irresistivelmente levado a fazer uma observação direta...

...Sentada sobre a terra fofa, infeliz mulher desencarnada, aparentando trinta e seis anos, aproximadamente, mergulhava a cabeça nas mãos, lastimando-se em tom comovedor...

...Compreendi, então, que a desventurada sentia todos os fenômenos da decomposição cadavérica e, examinando-a detidamente, reparei que o fio singular, sem a luz prateada que o caracterizava em Dimas, pendia-lhe da cabeça. penetrando chão a dentro...

Obreiros da Vida Eterna - Cap. 15 Aprendendo sempre"

Desta forma, entendemos que o desencarne durante o processo de desdobramento não poderá ser realizada por parte de Espíritos inferiores, uma vez que, eles não possuem condições vibratórias e nem autoridade moral para fazê-lo e nem por Espíritos técnicos.

 

2. Posso não retornar ao corpo durante o desdobramento?

Somente em caso de desencarne natural, como abordado no item acima(anterior), em nenhuma outra hipótese te impede o retorno ao corpo. Algumas pessoas relatam suas experiências comentando que têm dificuldades para voltar ao corpo, porque isso ocorre então?

Primeiramente por desconhecimento, pois não sabem que o Espírito do lado de lá age pelo pensamento, e não pela boca, desta forma, o pensamento é o veículo de manifestação do Espírito no planisfério espiritual.

Se uma pessoa possui dificuldades para retornar ao corpo, ela deve pensar firmemente em retornar ao corpo, estar tranquila e em oração, não deve dar ouvidos a pensamentos pessimistas ou a Espíritos garlhofeiros que se comprazem em amendrontar os menos preparados dizendo que não deixaram que retornem aos seus corpos com o propósito de impor medo e fazer com que o encarnado tenha mais dificuldade para retornar ao seu corpo, pois estes vampiros se alimentam do medo, sugando as energias que nós produzimos quando estamos com medo ou em pânico.

Nessas condições o retorno ao corpo ocorrerá sim, porém com mais dificuldades, devido a vibração densa que a pessoa se deixa envolver, por que, estes Espíritos jogam energias densas e o encarnado assimila em seu perispírito e densifica a sua própria vibração, sendo persuadido energeticamente por Espíritos zombeteiros.

Quando diante da situação de medo, ou zombarias temos mais dificuldades para retomar o corpo, mas como já afirmamos, retornaremos ao corpo. Esses encontros com estes Espíritos ocorrem em duas situações muito comum, primeiro é por que nós vibramos na mesma faixa vibratória destes Espíritos, então, os atraímos e eles se ficam felizes em zombar os incautos, pois são vampiros que sugam as energias que produzimos através do pânico e do medo.

Segundo é porque eles incurtem pensamentos em nossa mente, mesmo sem os ver e nós ficamos com medo e assimilamos estes pensamentos para logo em seguida submetermos a influencia deles.

E os Espíritos protetores não podem interferir? O fazem, e estão conosco durante todo o processo de desdobramento, porém, por falta de lucidez moral e mental de nossa parte, não podem fazer muita coisa, a não ser nos induzir um pensamento mais material, como por exemplo, pense firmemente no seu corpo físico.

Quando nos encontrarmos diante desta situação de medo, pânico ou entorpecimento vibratório, pense que você está mexendo o dedo do seu corpo físico, faça isso firmemente, deseje e logo em seguida, você retornará ao corpo físico, não se deixe abater pelo medo ou pelos dizeres de Espírito inferiores.

Há relatos de pessoas que sentem estrangulamento, sufocamento, falta de ar ou arritmia cardíaca, e isso é uma questão energética, pois essas sensações são sugeridas nas induções dos Espíritos inferiores seja direta ou indiretamente, seja do local onde se encontra ou de si próprio.

Concluímos, portanto, que nenhum Espírito poderá nos impedir de retornar ao corpo, voltaremos mesmo que demore um pouco, o importante é manter a mente calma e equilibrada, dessa forma o retorno é mais rápido.

 

3. Posso ter o meu corpo roubado?

Claro que não, pois o seu corpo foi projetado e modelado para que o seu Espírito habitasse nele, não há como outro Espírito ocupá-lo, mesmo a força, pois as vibrações particulares do seu corpo e do outro Espírito são incompatíveis.

Quando você estava no processo de gestação, o seu Espírito impregnava no espermatozoíde sua energia e suas impressões mentais, dando comando as células para a modelação do seu corpo e criando condições de habitação, pois o espermatozoíde é o ser animado e sucessitivo ao acoplamento energético entre uma estrutura física e um Espírito preparado para o retorno a vida física.

"No silêncio sublime daqueles minutos, compreendi que Alexandre, em vista de ser o missionário mais elevado do grupo em operação de auxilio, dirigia os serviços graves da ligação primordial. Segundo depreendi, ele podia ver as disposições cromossômicas de todos os princípios masculinos em movimento, depois de haver observado, atentamente, o futuro óvulo materno, presidindo ao trabalho prévio de determinação do sexo do corpo a organizar-se. 

Após acompanhar, profundamente absorto no serviço, a marcha dos minúsculos competidores que constituíam a substância fecundante, identificou o mais apto, fixando nele o seu potencial magnético, dando-me a ideia de que o ajudava a desembaraçar-se dos companheiros para que fosse o primeiro a penetrar a pequenina bolsa maternal. O elemento focalizado por ele ganhou nova energia sobre os demais e avançou rapidamente na direção do alvo...

O meu orientador,absolutamente entregue ao seu trabalho, tocou a pequenina forma com a
destra, mantendo-se no serviço de divisão da cromatina, cujas particularidades são ainda inacessíveis à minha compreensão, conservando a atitude do cirurgião seguro de si, na técnica operatória. Em seguida Alexandre ajustou a forma reduzida de Segismundo, que se interpenetrava com o organismo perispirítico de Raquel, sobre aquele microscópico globo de luz, impregnado de vida, e observei que essa vida latente começou a movimentar-se. Os Mensageiros - Cap. 13 - Reencarnação
"

Os Perigos do Desdobramento

Imagem real do momento em que o espermatozóide entra no óvulo feminino.

No Espiritismo compreendemos que não podemos tomar reencarnar em animais ou em reinos inferiores, devido a nossa vibração e evolução ser incompatíveis com a capacidade de Inteligência já conquistada, que nos diferencia, se isso não é possível com seres vibratóriamente inferiores, é natural que não possamos tomar posse de corpos diferentes do nosso, correto?

"118 – Podem os Espíritos degenerar?
– Não; à medida que avançam, compreendem o que os distancia da perfeição. Quando o Espírito finda uma prova, fica com o conhecimento que não esquece mais. Pode permanecer estacionário, mas não retrograda. O Livro dos Espíritos"

Isso porque todos os encarnados e desencarnados, cada um de nós possuem uma energia particular e exclusiva, que podemos dizer que é quase uma "digital", pois estudos científicos nos revelam que todas as pessoas no mundo possuem digitais diferentes uma das outras, portanto, os Espíritos possuem suas energias particulares que são compatíveis com a modelagem de seus corpos.

Se todos nós somos diferentes vibratoriamente falando, logo não é possível tomarmos corpos incompatíveis com a nossa vibração. O único ser que podemos tomar-lhe o corpo é o espermatozoíde, que é sucessitivo a isso, porém há Leis Universais e mecanismos que regulamentam essa "posse voluntária". 

Esperamos que tenham apreciado este artigo, e tenhamos elucidado sobre o mesmo. Muita paz!

Recomendamos a Leitura dos nossos Artigos:

SÉRIE DESDOBRAMENTO - Sensações no Mundo Espiritual

SÉRIE DESDOBRAMENTO - Sintomas do Desdobramento

SÉRIE DESDOBRAMENTO - Tipos de Saída do Corpo

SÉRIE DESDOBRAMENTO - Sintomas do Desdobramento

 

 

Veja Também:

Artigos Relacionados

Olá, deixe seu comentário para Os Perigos do Desdobramento

Já temos 8 comentário(s). DEIXE O SEU :)
Noemi Oliveira

Noemi Oliveira

OLÁ GOSTARIA DE PARTILHAR EM MINHAS PESQUISAS ACHEI UMA PALESTRA DO WAGNER BORGES,ELA FALA SOBRE DESDOBRAMENTO E ESCLARECE ALGUMAS DUVIDAS,ACHO QUE PODE SER ÚTIL PARA ALGUÉM,
OBRIGADA
★★★★★DIA 05.11.18 13h51RESPONDER
Jeferson Souza
Enviando Comentário Fechar :/
Jeferson Souza

Jeferson Souza

Olá Noemi tudo bem? Boa tarde!


Eu conheço o estudo Wagner Borges, um grande conhecedor da espiritualidade e do fenômeno da Viagem Astral, ele é maravilhoso, culto e bem lúcido diante da espiritualidade. Nós do Espiritismo na Prática, procurando passar conteúdo espírita, procuramos não misturar Espiritismo com outras denominações ou ideias religiosas e filosóficas. 


Nós procuramos seguir Allan Kardec com seriedade e fidelidade neste site. O Wagner Borges é um grande espiritualista possui ideias universalistas, ou seja, agrega ao seu campo de estudos e de vivência a espiritualidade de filosofias e religiões que em alguns aspectos divergem do estudo espírita. Não estou falando que o estudo do Wagner não seja válido, pelo contrário, reforço que o seu estudo é sério e digno de nosso respeito e admiração, tanto é que eu o acompanho na rádio mundial, nos vídeos do Youtube, etc... não só o Wagner Borges, mas como outros expoentes da Viagem Astral como, por exemplo, o grande Saulo Calderon kkkk, outro grande Ser Humano.


Agradecemos o seu interesse Noemi e recomendamos a quem se interessar os estudos que o Wagner Borges realiza. Porém, reforço, que nosso foco neste site é o Espiritismo puro e fiel à Allan Kardec.

Muita paz!

★★★★★DIA 06.11.18 14h50RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Noemi Oliveira

Noemi Oliveira

Puxa ,eu não sabia,eu li artigos dele e assisti no youtube uma palestra sobre desdobramento,só queria acrescentar mais artigos sobre o tema para outras pessoas a fim de poder auxiliar. Obrigada
★★★★★DIA 07.11.18 11h14RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Jeferson Souza

Jeferson Souza

Olá Noemi. 


Agradecemos a sua indicação. :) Em breve postaremos novos artigos sobre o tema.


Muita paz!

★★★★★DIA 07.11.18 11h36RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Noemi Oliveira

Noemi Oliveira

Olá boa tarde,gostaria de saber se é possível no estado de sonolência ouvir alguns espíritos,e depois acordada continuar a ouvi-los ? Tive uma experiencia estava dormindo quando ouvi uma voz dizer ela dorme com a boca a berta a barata kkkk,e o programa do video show. Despertei e não tinha ninguém,eu estava sozinha em casa,mas tinha uma barata na parte de cima da beliche para a minha. E no vizinho dava para ouvir a Tv, no programa video show. Não sei quem foi que disse a barata ,era uma voz feminina,e em outro dia acordei com a mesma voz conversando com outra falando de mim, dizendo que eu me mexia muito dormindo,e a outra respondia ela tem caibra na perna ,e a outra para deixa ela em paz,era a mesma voz ,e dessa vez quando despertei continuei a ouvir pelo dia todo ,narravam tudo o que eu fazia ,se varria a casa ,escrevia tudo,foi desagradável ,como se estivessem me bisbilhotando . É possível ouvir uma voz no estado de sonolência e ao despertar continuar a ouvir a voz, e o que fazer para a voz parar?

desde já obrigada
★★★★★DIA 05.11.18 13h45RESPONDER
Jeferson Souza
Enviando Comentário Fechar :/
Jeferson Souza

Jeferson Souza

Olá Noemi, boa tarde!


Muito curiosa a sua experiência, agradecemos por compartilhar com a gente. Bem, é natural que após acordarmos seja possível ter percepções do que ocorre no plano espiritual, porém, não é muito comum essas percepções durante o dia, a não ser que você tenha se impressionado com o ocorrido e isso tenha sido, uma espécie de despertar mental, que te proporcionou a experiência mediúnica durante este dia.


Algumas mediunidades ou percepções mediúnicas surgem depois de experiências traumáticas, como por exemplo, acidentes graves de carro, etc.. e/ou por experiências impressionáveis, que podem causar uma impressão em nossa mente que nos faz ver ou perceber a realidade espiritual com maior clareza.


O que fazer para a voz parar? A mediunidade é uma benção, se você compreendê-la e estudá-la, mas enquanto não conhecer os mecanismos e o que é mediunidade, essas experiências podem não ser muito agradáveis ou tornar, de certa forma, perturbáveis ao nosso sossego, por isso, é essencial que possamos realizar estudos em uma casa espírita séria para aprender a conhecer e dominar.


O mais importante disso tudo, é que estes Espíritos não estavam ali para te perturbar ou para te fazerem mal, talvez sejam algum Espírito conhecido ou amigo que esteja junto com você. Recomendo que entenda que nada na vida acontece por acaso, e tudo tem um fim útil para que possamos aprender ou entender alguma coisa, se você experienciou isso tudo, é porque tem algo a aprender com isso.


Espero ter ajudado!


Muita paz!


 

★★★★★DIA 06.11.18 15h02RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Noemi Oliveira

Noemi Oliveira

Obrigada,eu vou ir no centro Amor e Paz ,que fica perto da minha casa para aprender mais sobre mediunidade e sobre essa experiencia que tive, sei que as vezes alguns vem para ajudar e outros para pedir ajuda,mas eu preciso aprender primeiro para entender e ajudar se for o caso.Sou totalmente leiga no assunto.
Obrigada.
★★★★★DIA 07.11.18 11h09RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Jeferson Souza

Jeferson Souza

Olá Noemi.


O estudo te esclarecerá muitas coisas, sem dizer que o estudo nos ajuda em nosso processo de aperfeiçoamento evolutivo.


É sempre bom estudar conhecer e assim passar o conhecimento para outras pessoas. Ajudar os outros e levar a eles o esclarecimento de experiências das quais não compreendem. 


Muita paz!

★★★★★DIA 07.11.18 11h40RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Enviando Comentário Fechar :/