Espiritismo na Prática

Divulgando o Evangelho de Jesus

Influência Moral do Médium

Influência Moral do Médium

Autor: Jeferson Souza      Publicação: 13/06/2016 18:13      Views: 1890      Comentários: 0 

Como o médium pode influenciar o seu trabalho na mediunidade e como ele escolhe os Espíritos que se aproximam pelo seu desenvolvimento moral.

A moral do Espírito encarnado interfere e influência no desenvolvimento da mediunidade? A resposta dos Espíritos para este questionamento é: NÃO¹. Uma vez que o uso da mediunidade para o Bem ou para o mal é uma escolha do indivíduo.

*¹ - Primeira questão da obra "O Livro dos Médiuns", no capítulo: Influência Moral do Médium, item 226.

A mediunidade é uma graça divina que Deus concede aos Espíritos para que se utilizem destes mecanismos naturais da vida para o seu desenvolvimento espiritual, no entanto, sabemos que há pessoas que se utilizam da mediunidade para interesses particulares².

*²-Segunda questão da obra "O Livro dos Médiuns", no capítulo: Influência Moral do Médium, item 226.

Nestes casos, estes médiuns, podendo ter a possibilidade de melhorarem-se ao ajudarem os enfermos da alma, esquecem-se que o uso da mediunidade para o Bem, é o caminho que poderá curá-los de suas dores e diminuir seus débitos passados.

A mediunidade não deve ser uma prática somente dentro do centro espírita, pelo contrário, o trabalho mediúnico de sintonia e afinidade, começa quando acordamos e termina quando vamos dormir, é um esforço cotidiano para buscar melhorar a afinidade e sintonia com os Bons Espíritos.

Normalmente, nos dias em que acontecem as reuniões mediúnicas, Espíritos inferiores buscam fazer de tudo para que o nosso dia não dê certo, onde o objetivo deles é unicamente trabalhar com nossas dores morais e intelectuais para atrapalhar nossa sintonia e a afinidade com boas energias.

Os médiuns necessitam ter disciplina e realizar esforços que a eles cabem fazer, no entanto, infelizmente alguns médiuns antes de se dirigirem ao Centro Espírita, agem de forma inadequada em seu lar, no trabalho, no trânsito, no banco, etc... e em alguns casos utilizando-se da ingestão de química (álcool, cigarro, etc) e também alimentando os maus pensamentos.

A mediunidade não é uma brincadeira para crianças, mas um trabalho sério de doação, de resgate pessoal e de aliviar as dores de enfermos, então, como pode um fumante querer ajudar um Espírito enfermo, onde a causa da morte deste foi justamente o cigarro?

Ser médium não é nenhum privilégio, mas uma forma de trabalhar para Jesus e ajudar os Espíritos encarnados e desencarnados a se esclarecerem e angariarem recursos morais para que possam ser ajudados e amparados por Bons Espíritos.

Lembremos que o sol nasce para todos, para os bons e para os maus, mas afinal de contas, mediunidade é um caminho para que busquemos o melhoramento espiritual e, é uma oportunidade que Deus nos concede, confiando no BOM USO que nós podemos oferecer àqueles irmãos que estão na retaguarda.

Sejamos ferramentas fundamentais para ajudar Jesus a buscar mais uma ovelha perdida, tornando a Terra, um mundo melhor.

OBSERVAÇÃO: Leia a obra "O Livro dos Médiuns", no capítulo: Influência Moral do Médium, item 226.

Veja o Vídeo do Palestrante Nazareno Feitosa

Veja Também:

Artigos Relacionados

Olá, deixe seu comentário para Influência Moral do Médium

Enviando Comentário Fechar :/